Rituais para contatar seu anjo da guarda


Os anjos podem ser contatados através de rituais de ancoragem como salmos, orações, meditações e cartas. Eles ouvem pedidos tanto feitos oralmente como mentalmente. Muitas vezes, mesmo estando próximos de nós os anjos só se manifestam quando pedimos por isso. Portanto, é importante chamá-los, entrar em contato e dizer que queremos que eles nos ajudem. Pode-se conversar com os anjos em voz alta, mentalmente ou escrevendo, desde que a invocação seja feita com sinceridade e de coração aberto. Eles estarão sempre prontos a atender.


Um importante aspecto a ser considerado é o dia da semana e o horário em que invocamos os anjos, pois cada um tem um dia e hora específicos em que se encontram mais próximos de nós em nosso plano terreno. Isso facilita e fortalece a conexão com o anjo. O mesmo vale para os salmos, cor de vela, incensos e cristais que correspondem a cada um especificamente dentro de sua hierarquia e especialidade, ajudando na ancoragem. Reserve um canto de sua casa, tranqüilo, onde se sinta bem e consagre-o às suas orações diárias. Aqui vão algumas dicas para fazer a ancoragem de seu anjo:



1 – Limpeza



Anjos não gostam de bagunça nem de sujeira, pois esses elementos atraem o acúmulo de miasmas e energias negativas, dificultando sua permanência nos ambientes e sua aproximação conosco. Por isso, procure manter sua casa ou seu quarto arrumado, como se fosse receber uma visita muito querida. Limpe e organize tudo, jogando fora o que não presta e doando o que não usa mais, reciclando as energias do ambiente.


Antes de invocar seu anjo, tome sempre um banho bem gostoso e relaxante(de preferência de ervas), e coloque roupas limpas e de cor clara. A limpeza do corpo é importante para fortalecer a energia de sua aura e ajudar na aproximação do anjo.



2 – Flores



As flores, plantas, aromas e perfumes expandem a aura, facilitando a aproximação dos anjos. Um corpo e um ambiente perfumados com essências ou incensos estão associados à limpeza e à harmonia, ajudando na ancoragem dos anjos. A presença de flores e plantas dentro de casa é muito positiva, pois elas absorvem até 50% do acúmulo de miasmas e energias negativas do ambiente.


Música clássica, instrumental ou suave também são recomendados, pois trazem paz e equilíbrio emocional, além acalmar o ambiente.



3 – Velas e Incensos



O fogo é o símbolo do plano mental e da ação. O ato de acender uma vela para um anjo é a forma de ativar seu pedido e levá-lo para o plano astral. Deve-se acender a vela sempre num local limpo, de altura superior à sua, mas nunca em cima da geladeira ou em frente a um espelho, pois isso atrai o gênio contrário.


É recomendável acender a vela da cor referente ao anjo que está sendo invocado, sempre num pires branco. Também se pode colocar os elementos correspondentes ao anjo, como por exemplo, um punhado de terra ou pequeno vaso de flor ao lado da vela( para os anjos do elemento terra), um copo d’água (anjos do elemento água) e incensos (para todos os anjos).


Já a fumaça do incenso além de seu perfume agradável para o anjo, também permite que os pensamentos cheguem mais rapidamente ao plano astral. Cada anjo tem um incenso específico.



4 – Salmos



Os salmos e orações produzem um forte efeito energético e vibracional em nossa aura, atraindo de imediato a presença dos anjos. Por isso, reze o salmo ou oração para seu anjo com muita fé e concentração, mentalizando que seu pedido já foi realizado. Mas antes de ler o salmo, “chame” o anjo da seguinte forma: apóie seu dedo indicador direito sobre o polegar e coloque-o na frente dos lábios. Diga o nome do anjo bem devagar, pausadamente. Repita-o 7 vezes antes de começar a leitura do salmo do seu anjo.



5 - Cartas



Simples palavras vindas do coração com sinceridade e escritas num papel podem chamar a atenção dos anjos, pois eles tudo vêem e tudo entendem. Por isso, você pode escrever para o anjo seus pedidos, pois a energia que estará usando nesse instante fará o Universo se mover a seu favor.


Escreva sempre em tempo presente os pedidos para os anjos e com letra maiúscula, de forma simples, objetiva e direta, terminando com um agradecimento, como se já tivesse sido atendido em seu pedido. Escreva como se ele fosse um amigo próximo, com carinho, alguém em quem confia muito. Faça isso num momento de calma e silêncio, concentrando-se em imagens boas, relaxando o corpo e a mente.


Depois coloque a carta num local onde guarde seus objetos pessoais mais queridos ou especiais: pode ser dentro de um livro, na bíblia ou até em seu travesseiro. Deixe lá por 7 dias e depois queime-a na chama da vela do seu anjo e assopre as cinzas ao vento, de preferência na natureza, agradecendo por ter sido atendido.


Você também pode escrever para o anjo guardião de outra pessoa, pedindo por ajuda ou proteção para a pessoa. O mesmo vale para qualquer anjo de qualquer categoria do qual precise de ajuda para um assunto específico da especialidade daquele anjo.



6 - Respostas



Dizem que quando pedimos ajuda aos anjos eles nos respondem em forma de pensamento (intuição), de um sonho, de uma grande idéia ou até mesmo através dos conselhos de uma outra pessoa para nos ajudar e orientar. Por isso, nunca ignore uma intuição, as “coincidências”, ou qualquer outro tipo de sinal ou sensação que tiver, pois eles são recados de seus protetores. Ao seguir sua intuição, você estará estimulando o anjo a lhe ajudar e alimentando o canal de comunicação com ele. Fique também atento aos sonhos, pois os recados ou respostas de suas dúvidas podem vir através deles. Outra forma muito usada pelos anjos ocorre quando encontramos alguém, conhecido ou não, e durante uma conversa casual a pessoa diz algo que vai de encontro justamente aquilo que nos aflige, como se fosse uma resposta. É o nosso anjo “falando” através da boca de outra pessoa, usando-a como veículo para nos orientar. Portanto, fique atento e não despreze os sinais ao seu redor.


Uma dica: chame o sono e o anjo ao mesmo tempo. Quando estiver relaxado em sua cama, solte sua imaginação e deixe as imagens surgirem. Vá pensando no seu anjo e ele o visitará em sonhos.



7 – Observações



Você pode pedir ajuda a qualquer anjo, arcanjo ou príncipe de qualquer hierarquia, mesmo que não seja o protetor de seu dia de nascimento. Nada impede que eles o ajudem em suas necessidades de acordo com sua “especialidade”. Basta invocá-los da mesma forma como faz com seu guardião: no dia e horário certos com os salmos, cor de vela, incenso ou cristal específicos do anjo que estiver invocando.


Os arcanjos são muito poderosos e tem uma força ainda maior que todos os outros guardiões. Como são mais iluminados e mais próximos de nós aqui na Terra, é sempre bom recorrer a eles quando o problema precisa ser resolvido com urgência, ou em casos de perigo e intenso sofrimento.