A Influência do seu Nome


O nosso nome exerce uma influência fundamental em nossa vida e é uma peça essencial na análise numerológica. Cada letra corresponde a um número, que carrega uma determinada vibração, influenciando assim, nossa personalidade, entre outras coisas. As análises são feitas sob diversos aspectos: são analisados o nome completo (primeiro nome e o sobrenome), o primeiro nome individualmente, seja ele simples ou composto (Exemplo: Caio Marcelo), o sobrenome individualmente, o número de vogais e consoantes do primeiro nome e do sobrenome e também o número total de vogais e consoantes do nome completo. Além disso, também é observada a primeira letra de nosso nome, pois exerce influência especial em nosso caráter. Cada um desses fatores são levados em consideração na análise, estudados separadamente e em conjunto, pois cada um influencia de uma maneira e em determinados aspectos da vida e da personalidade. Essa análise é feita através da somatória dos algarismos correspondentes a cada letra que forma o nome, reduzidos a um só dígito, seja no conjunto do nome completo ou do primeiro nome, ou ainda do sobrenome. A seguir veremos qual a influência que o nome exerce em nossa personalidade.


A numeróloga Maria Orlanda Furlanetto nos dá maiores detalhes: “Quando nascemos recebemos um nome, o qual determina nosso ego individual. Somado ao sobrenome da família, ele formará o ego social. Por isso deve-se tomar cuidado com a escolha do nome de uma criança, fazendo com que, combinado com o sobrenome, resulte num número positivo, que traga saúde, felicidade, inteligência e sucesso. Muitas pessoas mudam o nome público (artístico) para ter mais sucesso. Se o nome for bom desde o nascimento, a criança será beneficiada de imediato, apresentando maior rendimento escolar, mais saúde e, com o passar do tempo, mais facilidade nos relacionamentos sociais e pessoais, pois a vibração de seu nome lhe garantirá vantagens desde o início de sua vida. De acordo com a profissão que a pessoa exerce, também pode escolher um nome artístico, cuja vibração lhe seja mais favorável, atraindo sucesso e prosperidade. A análise das letras do nome também permite que se descubra os resgates kármicos da pessoa, que são as transgressões cometidas em vidas passadas e que hoje representam obstáculos no cotidiano e que precisam ser transpostos para se ter sucesso e felicidade. Também é possível descobrir as dívidas kármicas, que são as transgressões mais pesadas cometidas em outras vidas e que hoje representam os maiores problemas na vida da pessoa e em seu Destino ou propósito de vida”, finaliza Maria Orlanda.


O nome de uma pessoa revela traços marcantes da sua personalidade, qual seu temperamento, suas qualidades, seus pontos fortes, suas fraquezas e suas aspirações, como a pessoa é, o que deseja em seu íntimo, o que traz dentro de si, suas crenças, atitudes, valores internos, sentimentos mais íntimos, o que ela quer e precisa, o modo como reage, quais suas motivações, além de ser a forma como a pessoa se torna reconhecida na sociedade, como ela se identifica, como se apresenta e interage exteriormente com os fatos da vida e com os outros. Essas características não podem ser alteradas por um novo nome, pois a pessoa nunca perde as características com que veio ao mundo.


O nome fornece a inclinação psicológica da pessoa. O nome de uma pessoa diz o que ela deve fazer para realizar seu propósito na vida, além de identificar seu grau evolutivo, indicando os atributos da alma. Nosso nome, quando transformado em números nos mostra o caminho que devemos percorrer para atingirmos nossa missão, que é determinada pela nossa data de nascimento. No nome de batismo estão traçados e pré-determinados os caminhos que a pessoa irá tomar ao longo da sua vida.


O nome é formado por sons, letras, que tem características próprias. A soma dessas características expressa de forma resumida as características que possuímos.


A numeróloga Gláucia Garcia Santiago acrescenta: “ A Numerologia se baseia nas vibrações. Desde que nascemos temos um nome e um sobrenome. Ambos, ao serem pronunciados, criam um tipo de vibração sonora que atrai ou forma situações, formando a personalidade e ajudando na criação de um caráter. O estudo dos nomes mostra quais vibrações os compõem”, explica Gláucia


Pela Numerologia Cabalística, o valor encontrado no nome de batismo comanda a vida. O valor encontrado no sobrenome é um karma hereditário. O nome de uma pessoa revela traços marcantes de sua personalidade. O nome associado aos números determina o seu grau evolutivo na grande roda da vida. A Numerologia Cabalística pode então determinar os pontos fracos e negativos da pessoa, pontos que muitas vezes decorre do karma de outras vidas, e apontar as características mais marcantes que a pessoa pode desenvolver em direção ao sucesso. Mostra também o que a faz agir de uma certa forma, como as pessoas a vêem e quais são os seus talentos ocultos.


Na Numerologia em geral, o primeiro nome atua fortemente na vida da pessoa, já que ela se identifica como tal (“eu sou fulano ”), e ele é constantemente repetido (todos o chamam assim) e ainda é reforçado pela escrita cada vez que assina cheques, documentos, papéis, etc. O nome atua como um mantra, criando um conjunto de energias que tem relação com nossa forma de sentir e agir, e que também trazem em si situações e pessoas afins. Portanto, se nosso nome vibra energeticamente, o Universo atua de forma a trazer as situações correspondentes. Nosso nome tem grande importância, não só na nossa maneira de ser, como no tipo de vida que temos.


Segundo a numeróloga Sônia Weil, o primeiro nome tem grande importância, pois mostra a maneira da pessoa agir no dia-a-dia. A energia do primeiro nome indica como é a sua primeira reação frente aos estímulos que a vida lhe apresenta. Mostra a atitude imediata ao enfrentar uma situação.


Nomes compostos devem ser observados como um todo e considerados juntos. O sobrenome mostra a herança familiar, ou seja, as qualidades e características que a pessoa herdou junto com o nome de família.


O primeiro nome é a essência da alma. O nome do meio é o seu mental. O sobrenome é o que aprende como lições do grupo familiar.


As letras do nome representam um número chave, que destaca a individualidade da pessoa e sua vocação profissional.


A primeira letra do nome representa o lado interior, se a pessoa é acanhada, sonhadora. A primeira letra do nome corresponde ao seu alicerce. Ele auxilia a determinar sua perspectiva na vida e tem muito a ver com suas tendências naturais. Muito do crescimento e padrões de comportamento de uma criança pequena são determinadas pelo seu alicerce.


As letras do sobrenome revela a relação com a família, tendências vocacionais e a saúde da pessoa.


O número de letras que compõem o nome e o sobrenome representa uma influência complementar em sua vida. Mostra a “aura” que envolve o seu nome. Outro fator importante é a extensão do seu nome e sobrenome. Caso o primeiro seja maior que o segundo, a sua individualidade será favorecida. Do contrário, a influência familiar poderá predominar. As vogais indicam seu tipo de espiritualidade.


A primeira vogal revela o lado instintivo. As consoantes mostram sua personalidade, como você é visto pelos outros.


A numeróloga Gláucia Garcia Santiago acrescenta: “Das vogais vem as frequências que mostram o tipo de “espiritualidade”. Das consoantes, como é a personalidade e como a pessoa é vista pelos outros. Da soma das vogais e das consoantes vê-se o potencial da pessoa, sua realização e seu caráter”, finaliza Gláucia.